Amantes do Trance

Entrevista com CARBON C

 

1- Olá, desde já obrigado por teres aceite, o nosso convite para participares neste evento onde queremos enaltecer todas as mulheres do nosso mundo. É um prazer para nós.

Gostaríamos que fizesses uma pequena apresentação sobre ti. (nome, idade, nacionalidade, cidade onde vives)

Olá, sou Camila Soares aka Carbon C, tenho 25 anos, sou brasileira e atualmente moro em Pipa, Rio Grande do Norte, Brasil.

2-Antes de mais, há quantos anos és DJ? E sempre no género de psytrance?

Toco há 5 anos e 10 meses.
Sim desde o início com o projeto Carbon C

3-Quando o mundo do psytrance aparece nas nossas vidas, generalizando, arrebata-nos e vai crescendo em nós. Recordas-te de como esta música/mundo chegou à tua vida? E que idade tinhas?

Sim, meu primeiro namorado colocou no carro para tocar e de primeira já gostei muito, poucos meses depois fui para a minha primeira festa rave, tinha 16 anos.

4- Recordas-te em que festa te estreaste como DJ? Dirias que essa foi a atuação que mais te marcou?

Demais, foi na Intense Party e abri a festa. É como o primeiro beijo, não dá pra esquecer.

5 – De contactos como artistas, produtoras, organizadores e outros, existem sempre alguns que tornam importante amigos ou mentores, gostarias de referir alguns?

O Polen (Live), que foi quem me incentivou a ser DJ.
O Milton Emiliano que sempre acreditou em mim e me levou para tocar no evento Bivolts.
O João Morais que é um grande produtor de eventos e parceiro na Alien Nation.
O Felipe Constantino, que atualmente é meu manager.
O Rodrigo do projeto Dyzer que produziu junto comigo o meu primeiro lançamento, e o Diego Aganetti que é diretor da revista digital Colors Dj Magazine, da qual faço parte da seção de música Underground.

6- Quando estás em palco, quais são as emoções e pensamentos que mais tens presentes?

Sentimento de puro amor e gratidão por viver e fazer algo que leva tanta felicidade às pessoas.
Amo muito dançar e a sensação de fazer os outros dançarem é de pura plenitude por ter a certeza que estou cumprindo com meu propósito.

7- Gostarias de colaborar com algum artista em especial?
Com o Ace Ventura, meu número 1 de sempre.
Se é pra sonhar, vamos sonhar alto !

 8- Quais são os seus três álbuns favoritos de todos os tempos?

  1. PSYCHEDELIC LOVER RE:TURN COLLECTION
  2. Hippie Mafia – Circus of Misfits
  3. Ace Ventura – Paradise Engineering .

9- Tens algum próximo passo pensado para o teu projeto? O que se segue?

Sim, vamos focar na divulgação da nova música de trabalho, que saiu no final do ano passado e já pensando sobre os próximos lançamentos.

10- Se pudesses escolher qualquer lugar no mundo para tocar, onde seria?

Com toda certeza em Goa, na Índia onde tudo começou.

11- Obrigado por te juntares a nós nesta entrevista, queres deixar algumas palavras à comunidade psytrance portuguesa antes de terminarmos?

Gostaria de dizer que é um prazer fazer parte desta live do Amantes do Trance que acompanhei enquanto estava por Portugal e sei da sua importância na cena, e dizer que estou cheia de saudades de Portugal, dos meus amigos portugueses, do clima das festas aí, e principalmente muita saudade de tocar para vocês e sentir a energia de vocês.
Quando tudo isso passar estaremos juntos lado a lado curtindo muita boa música! Fechou?

 

Facebook – Carbon C

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *