Amantes do Trance

1- Como a música chegou à tua vida?
Desde muito tenra idade a musica sempre teve um lugar bem especial e com destaque na minha vida. Na minha juventude a minha vertente musical nao era de todo eletronica, comecei por fazer parte de bandas de metal como vocalista e so mais tarde senti que guitarras eram demasiado limitadas e quiz expandir os meus horizontes em termos de produção musical. Em pouco tempo e com a ajuda de alguns amigos iniciei a minha aventura na música eletrônica que tb nem sempre foi psicadelica.

2- Quando foi a tua primeira festa de música electrónica?
A já alguns anos atrás devo dizer e penso ter sido Carl Cox no club Rocks no Porto.

3- Como foi o início da tua carreira?
Bastante emocionante, cada track cada festa era como se tivesse um encontro imediacto de terceiro Grau hehe . Nao foi muito facil chegar a um nivel que considera-se aceitavel para mim visto os meios que dispunhamos na altura, para aprender, eram bastante escassos. Hoje tens YouTube e em dois tempos se te dedicas a ver uns tutoriais és capaz de fazer um beat de qualquer estilo com um som mais ou menos audível.

4- Como começaste a produzir música electrónica?
Comecei pela necessidade de fazer algo mais do que o meu regular posto de vocalista de metal. Queria algo que me permitisse ser eu e expor tudo o que tava cá dentro. O passo seguinte foi começar a fazer darkambiance music ainda dentro do mundo do metal, daí até colocar uns Beats em cima das minhas ideias foi rápido.

5- Quando foi o teu primeiro lançamento?
Em 2007 saiu o meu primeiro álbum Psychedelic inferno , tracks em compilações não tenho presente a primeira mas talvez 2005/06.

6- Quem são as tuas influências na música?
Sou influenciado por tudo o que é música, mas dentro do psytrance sem dúvida que terminator e Kindzadza sempre ocuparam lugar na minha playlist.

7- Qual foi a actuação que mais te marcou?
Psycrowdelica 2014 , ano em que infelizmente perdi um grande amigo e organizador do festival e toquei a chorar e a dançar em sua homenagem.

8- O que tu mais gostas nas festas/festivais?
Dançar e fazer dançar.

9- Onde serão as tuas próximas actuações?
Alemanha Brasil Chile Portugal Suíça Espanha e Áustria .

10- Quais são as novidades em relação a novos lançamentos?
Em breve sairá o meu novo álbum sem selo de Label será selfreleased e em breve e já em processo de criação será tb anunciada a data de lançamento do meu próximo álbum sob o selo da Blast Records, nova Label gerida por Rawar e Highko.

11- Quais são os teus hobbies quando não estás a produzir música ou a viajar?
Família montanha snowboard .

12- Vamos finalizar com uma mensagem para os teus fãs/seguidores.
Keep it real . Obrigado pela energia que partilham comigo e por celebrarem a cada beat o facto de sermos todos um.

PUBLICIDADE

 




 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *