Amantes do Trance

Ruben Rocha, que de momento é mais conhecido graças ao seu projecto com o nome de Insígnia, é natural de Lisboa e nasceu em Dezembro de 1987.

Ruben descobriu que queria ser DJ quando na festa de passagem de ano e milénio (1999-2000) quando acompanhou seu irmão que também era DJ e ficou sentado no back stage a observar atentamente a tudo o que se passava na mesa de mistura. Desde esse "amor à primeira vista" começou a seguir o irmão durante anos, alimentando esse desejo de querer também mixar. Apesar de não ter tido nenhuma formação académica em relação a produzir música, acabou por haver uma vez em que começaram a lhe ensinar como mexer na mesa de mistura depois de tanta observação e em 2005 iniciou-se como DJ Set. Isto até ao ano 2007 onde começou a ter contacto com a produção de música e veio aplincado-se até à actualidade, aprendendo a evoluir nas suas habilidades maior parte do tempo sozinho, com uma dica ali e aqui de amigos de vez enquanto.

O artista da capital começou então com um projecto chamado Noise Bomb, onde passava trance da vertente do Full On. E em 2008 apareceu então este novo pseudônimo em força como DJ Live, que foi quando preparou seu primeiro álbum (First Contact) em parceria com um amigo do Brasil Zex. Mais tarde, depois de uma pausa por motivos pessoais e com maior sabedoria adquerida, o projecto Noise Bomb desaparece e nasce finalmente Insígnia em meados de 2011/2012.

Suas primeiras festas como DJ foram no Algarve para uma organização chamada Nostradamos e desde aí surgiu a primeira saída para ir tocar para Espanha entre 2006 e 2007. E foi essa ida até ao nosso país vizinho que fez com que o artista começasse a produzir suas obras. Enquanto Noise Bomb, o músico trabalhou com algumas editoras tais como a Side Wave Records, a Woorpz Records e Loose Records do Japão. Já como Insígnia, Ruben focou-se na Dacru Records que era um dos seus grandes objectivos a concretizar e onde se tem mantido até hoje.

Insígnia já dividiu o palco com nomes como por exemplo Montti, Tropical Bleyage, Laughing Buddha, Eletric Universe, Outsiders, Mekkanikka, Sesto Sento, Spade, Avalon, Talamasca, Tristan, entre muitos outros. E tal como é óbvio também já actuou em vários festivais pelo mundo, nos quais ele sublinha o Freedom de 2015 afirmando que foi o que lhe mais marcou positivamente. Também tem guardado em sua memória com grande carinho quando tocou em Munique (Alemanhã) e em Israel que foi uma enorme experiência para o nosso músico. Já gravou também bastantes discos de compilação com outros artistas na Dacru Records e álbuns autênticos dele tais como Cosmocation, Psychedelic Evolution e Time Travel.

Insígnia reside de momento na Cidade do Mexico e tem como seu grande objectivo em poder passar suas melodias mais actuais em mais festivais por terras lusas pois declara que somos um dos melhores públicos do mundo. E claro que para além disso quisemos saber que mensagem gostava de deixar a todos os Amantes do Trance ao que respondeu, e fica aqui citado :" Que apoiem mais os nacionais apesar de se saber que com os estrageiros pode-se ganhar mais com isso, ou não, mas apoiem tudo o que seja portugueses independentemente onde estejam. Aparte disso que a página do Amantes do Trance chegue cada vez mais longe e possa mostrar aos outros países o que temos de bom, quer em artistas quer em festas em Portugal."

10 músicas essenciais de Insígnia

2- Insignia – Save The World

5- Insignia & Tropical Bleyage – Morning Sun

6- Insignia – Trust In Yourself

7- Insignia – It’s Powerful

8- Insignia – Climate Change

10- Insignia – The Universe

Artigo de Rúben (ToY) Pádua

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *